quarta-feira, março 12, 2008

Esse seu olhar...



Se você visse um olhar como esse, o que faria?

Quem se sentiu seduzido pela beleza desses olhos não precisa mais ficar sonhando (como eu). Basta juntar uma boa quantidade de dinheiro (cerca de U$S 10.000,00) e mandar vir uma gracinha dessas do Japão.

O site Make Pure (www.makepure.com) tem bonecas de 1,20 a 1 m de altura, todas anatomicamente corretas contando com 3 entradas para o menino que quer brincar. Oras, claro que não é a única opção de bonecas para adultos do mundo, o Real Doll é o pioneiro nesse ramo, assim como o Mecha Doll é o mais realista (a pele de silicone apresenta a tessitura mais próxima da pele humana, e o desenho dos lábios vaginais é realmente uma perfeição). Mas o Make Pure abordou o mercado de maneira bem criativa: suas bonecas parecem anjos, e algumas parecem mesmo crianças pequenas.

Um misto de interesse e repulsa me dominou quando entrei neste site. A repulsa foi pelas melhores imitações de crianças de 5 anos, realmente acho que aí vai um pouco pesado. Se bem que prefiro ver um maníaco em potencial atacar silicone que carne de verdade. E o interesse ficou pelas mini-adultas de 1,20 m. Portáteis como as outras não conseguem ser. E uma expressão japonesa de dengo... muito fofas mesmo.

Quem já estiver interessado vai notar a diferença de preço, porque lá aparecem uns 5 a 6 mil cada boneca dessas. Mas lembre-se, nós pagamos por quilo de encomenda, e pagamos caro.

Há aqueles que acreditam ser uma idiotice as mulheres sintéticas. Eu tenho algumas coisas a dizer para quem acha vantajoso ter uma namorada de carne e osso.

Durante toda a sua fase de macho ativo, o homem moderno busca uma companheira para ser feliz. Acho que se você não é homossexual, sectarista ou misógeno (os quais excluo desse raciocínio unicamente por falta de conhecimento da minha parte), a sua idéia de felicidade com alguém envolve interesse mútuo, carinho, atenção e, claro, sexo.

Agora vamos contabilizar, quanto tempo você procura / procurou essa pessoa? Quantas vezes você:

  • Saiu para as baladas para encontrá-la;
  • Chamou para sair as prováveis candidatas;
  • Se desapontou com o papo, com o sexo, com alguma coisa dela;
  • Manteve uma relação porque pelo menos ela te atura;
  • Manteve uma relação porque já investiu demais (incluindo dinheiro) para largar.
  • Tem filhos

Agora faça um cálculo o mais honesto possível. Quanto dinheiro e tempo você gastou atrás dessa mulher? Quantas vezes os seus hormônios não te permitiram tomar uma decisão correta, porque você foi deixado na seca por motivos espúrios? Quantas vezes você terminou uma transa e sentiu simplesmente que não foi tão bom por falta de prática sua?

Eu fiz uma conta meio tosca de uma noite padrão, há pouco tempo. Obviamente, detalhes como nunca chegar estressado para buscá-la, nunca esquecer de elogiar cada pequeno detalhe em evidência, achar graça de qualquer sutil comentário e ter sempre uma tirada espirituosa sobre o assunto em questão foram ignorados. Se eu ainda fizesse questão de ter sexo com uma mulher, as minhas contas ficam mais ou menos assim:

R$ 15,00 pegar de táxi em casa (ou pegar de carro, contando combustível e flanelinha)
R$ 80,00 jantar com bebida alcoólica (senão ela "não entra no clima")
R$ 20,00 condução para o motel
R$ 40,00 serviço de quarto (pedindo um sorvete, um café da manhã, eventualmente sabonetes, camisinhas, cigarros extras)
R$ 60,00 "diária" (que nem são mais 12h em todos os motéis)
R$ 15,00 condução de volta pra casa dela

Se você foi um cara bem simples e humilde, a condução foi ônibus, o motel eu não quero ver, e serviço de quarto foi uma ou duas latinhas no frigobar. Ao invés de gastar R$ 230,00 seguindo a tabela acima, gastou cerca de R$ 100,00. Por uma noitada.

Eu sei que a situação anda braba, mas quantas noites por mês foram assim? Fora as baladas pra ver o que rola? E as roupas bacanas pra elas te notarem? E o corte de cabelo? Depois de dez anos nesse ritmo, é melhor você ter escolhido a pessoa, meu caro: você está quase falido. Você gastou, na busca da pessoa ideal, cerca de R$ 12.000,00 básicos, com gastos diretos. Os gastos indiretos eu conto com roupa, transporte próprio, estilo, presentes. Em dez anos, posso dizer que sua busca por uma companheira te sugou cerca de R$ 30.000,00. Espero ser convidado para o casamento, ok? Adoro uma boca livre!

Companhia física, sexo e proximidade por R$ 20.000? Tá barato. A questão de aproximação intelectual, atenção e bom papo, você pode achar em qualquer site de relacionamento, amigo. Fica só no Orkut não: Facebook, Gazzag, Sonico... Com vantagens: você não precisa de camisinha quando sua "esposa" já é sintética; não precisa pagar plástica para sua esposa, porque ela é toda feita de silicone; não tem que repensar a relação; não tem que explicar as piadas que tem com o melhor amigo, nem que horas chega, nem onde foi, nem se está bêbado; não tem que aturar telefonema chato no trabalho; não tem que se surpreender com a fatura do cartão de crédito, nem ter filhos fora de hora.

Melhor ainda, começa a melhorar sua prática na cama, pode continuar atrás da parceira humana ideal, porque está com os hormônios sob controle, e tem dinheiro sobrando; dá pra raciocinar antes de pensar com a cabeça de baixo.

Se você for de viajar muito, sua esposa não é excesso de custo, é excesso de peso na mala. A diária em hotéis é para um.

A média ideal, enfim, entre ficar sozinho e ter alguém para abraçar à noite. Pode não te consolar com palavras, mas nunca vai te magoar com um não.

Um comentário:

Bernardo disse...

Dá uma olhada nisso:
http://br.noticias.yahoo.com/s/reuters/080617/tecnologia/internet_tech_japao_namorada_pol_1

além de dar beijos, distribui cartões de visita!

Mulan, o curta

Uma vez a gente ficou imaginando que desenho da Disney nos representava. Eu disse que ela com certeza era a Bela, porque adorava ler, ad...